terça-feira, 18 de dezembro de 2007

Terrenos baratos para imigrantes

Nem outra coisa se poderia esperar deste desgoverno, a Câmara Municipal de Aljezur, numa luta contra a desertificação, tem vindo a promover a vinda de imigrantes, nomeadamente do Brasil e da Europa de leste, oferecendo-lhes lotes para construção a um preço inferior (cerca de quatro vezes) ao do mercado, assim um lote de 165 metros quadrados terá um custo de 8250 euros, cerca de 50 euros o metro quadrado. Uma das outras vergonhas é a aquisição a preços vantajosos de habitações no centro histórico da vila, por parte dos mesmos. Em vez de se promover a natalidade, promove-se a imigração, claro que os baixos salários levam a que cada vez mais famílias optem por não ter filhos, esta é uma realidade que nos vai sair caro, basta olhar à nossa volta.
A imigração só é vista com bons olhos por parte do loby empresarial e governamental e dos partidos do sistema, já que são eles que vão lucrar milhões de euros à custa dos mesmos. O governo é o maior responsável pela destruição e descaracterização da nossa sociedade, assim sendo, quem se opuser à imigração (contra a imigração, não é contra o imigrante) será logo conectado de racista e xenófobo, percebe-se logo porquê.

6 comentários:

Bernardo Kolbl disse...

Eu hoje bem postei a pedir que os afoguem. Ainda nem tinha lido isto, carai.

Bernardo Kolbl disse...

Fiz te um link.

PAULO disse...

Fala-se..Fala-se...Mas não se faz nada!

PintoRibeiro disse...

Hum...pois.

Anónimo disse...

Portugal a saldo, que vergonha...

Arqueofuturista disse...

Urge denunciar por todos os meios estas acções atentatórias contra nossa comunidade nacional.

Parabéns pelo trabalho desenvolvido e votos de festas felizes.